Publicado por Redação em Previdência Corporate | 30/09/2015 às 11:34:38


Dicas para uma aposentadoria próxima ao teto


Congresso ainda pode fazer alterações nas regras de aposentadoria. Em alguns casos, melhor opção é a previdência privada ou investimento.

O quadro “No Fim das Contas” desta segunda-feira (28) tirou dúvidas do contribuinte de como fazer com que a aposentadoria tenha o maior valor possível com as novas regras votadas no Congresso na semana passada.

A gerente comercial Gislaine de Souza Nascimento começou a trabalhar aos 14 anos de idade e hoje, com 39, ela calcula que poderá se aposentar daqui a 16 anos, com 55 anos de idade. A meta dela é ter uma aposentadoria que se aproxime do teto do INSS, que atualmente é de R$ 4.663,75, mas seu salário é a metade deste valor.

A maior dúvida de Gislaine é se ela pode contribuir por conta própria para ao INSS ou se um plano de previdência privada seria a melhor opção no caso dela.

Qualquer pessoa que queira receber a aposentadoria até o teto do INSS deve contribuir para o INSS.

possível também fazer duas contribuições ao INSS, desde que o contribuinte tenha a carteira assinada e também trabalhe como autônomo ou microempreendedor individual, comprovando a segunda atividade.

No caso de Gislaine, a contribuição é baixa, limitada a 5% do salário mínimo, e, por isso, ela não consegue chegar ao teto. Para atingir a meta que deseja, seria mais rentável fazer um plano de previdência privada ou aplicar o dinheiro todo mês em um investimento.

Fonte: Portal G1


Tags: sem tags no momento!


Deixe seu Comentário:

=