Publicado por Redação em Saúde Empresarial | 05/10/2015 às 11:36:28


Um em cada cinco clientes de planos de saúde recorrem ao SUS em SP


SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um em cada cinco clientes de planos de saúde em São Paulo recorrem ao SUS (Sistema Único de Saúde), por falta de atendimento. O dado foi revelado nesta quinta-feira (1º) pela pesquisa Datafolha, encomendada pela APM (Associação Paulista de Medicina).

O número poderia ser ainda maior se procurar a rede pública de saúde fosse a opção de todos os clientes que relataram ter problemas com planos de saúde no Estado. Dentre os beneficiários que recorreram a um plano de saúde nos últimos 24 meses (11,9 milhões de pessoas), 84% relataram problemas (o equivalente a cerca de 10 milhões de pessoas).

A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança do levantamento é de 95%. As entrevistas foram realizadas com homens e mulheres maiores de 18 anos, entre os dias 30 de julho e 4 de agosto. O estudo consultou os pacientes sobre a qualidade da assistência oferecida por planos de saúde, em São Paulo.

As principais reclamações dos usuários de plano de saúde são quanto ao pronto socorro (80%), às consultas médicas (69%), e aos exames e diagnósticos (58%). A pesquisa também revelou que 68% dos clientes desse tipo de serviço no Estado acreditam que os planos de saúde dificultam a realização de exame de alto custo, 58% acham que as operadoras pagam valores muito baixos aos médicos por consultas e procedimentos, além de 54% considerarem que os médicos são pressionados a reduzir tempos de internação.

Apesar do alto percentual de queixas, apenas 15% dos usuários relatou ter feito alguma reclamação oficial, entrado com recurso ou notificação contra algum plano de saúde. Um número ainda menor, 2%, recorreu à justiça contra operadoras de planos. Também há 66% de clientes satisfeitos ou muito satisfeitos, com seus respectivos planos.

Fonte: Bem Paraná


Tags: sem tags no momento!


Deixe seu Comentário:

=