Publicado por Redação em Dental | 15/09/2015 às 11:53:06


Bochecha do Quico? Veja como não inchar depois da extração


Repouso, seguir recomendações do dentista e tomar os medicamentos corretos são a melhor forma de garantir um bom pós-operatório

O pico do inchaço ocorre em 72 horas após o procedimento, depois começa a melhorar

Bochecha inchada e extração dentária são quase sinônimos na vida de muita gente. Alguns já passaram por isso nas quatro vezes em que precisaram tirar os sisos. Segundo Leon Américo do Nascimento, da Well Clinic, o rosto incha porque é um processo inflamatório, o corpo reage como mecanismo de proteção liberando células inflamatórias e buscando revascularizar a região do trauma da extração.

“Pacientes que não realizam o correto repouso e recomendações como tomar o medicamento indicado e diminuir o esforço físico podem ter um inchaço maior e mais dor pós-operatória”, diz. Mas não é preciso se preocupar, normalmente, o pico do inchaço ocorre em 72 horas após o procedimento. “Após esse período começa o que chamamos de efeito reverso e a região aos poucos vai voltando ao seu estado normal”.

Não dá para fugir das extrações, elas são necessárias em dentes com cáries extensas, fraturados, trincados, com grandes perdas ósseas e perfurados. Existem vários e distintos motivos para uma extração dentária. Cabe ao cirurgião-dentista realizar o correto diagnóstico.

O que dá para fazer é reduzir o inchaço. Os procedimentos estão cada vez menos invasivos e traumáticos. “Usando a medicação correta no pré e pós-operatório, muito repouso e cuidado e, claro, seguir sempre à risca as recomendações do profissional, talvez a face nem inche. Em muitos casos, com as técnicas adequadas e a tecnologia avançada de hoje, a cirurgia fica até imperceptível e indolor”, afirma Leon.

Fonte: Terra Saúde Bucal


Tags: sem tags no momento!


Deixe seu Comentário:

=