Publicado por Redação em Dental | 06/11/2015 às 11:26:46


Do peito para o copo: sem mamadeira para evitar o aparelho


Amamentação é muito importante

Aleitamento materno garante sistema imunológico forte, além de beneficiar a saúde bucal

De acordo com as orientações da Organização Mundial de Saúde, o aleitamento materno deve ser exclusivo e por livre demanda, até os 6 meses de vida, e complementar, até os 2 anos. Além de fortalecer o sistema imunológico do bebê, amamentar é importante para a saúde bucal.

O aleitamento materno estimula a correção natural do chamado retrognatismo. Todo bebê nasce com o queixo retraído em relação à maxila, para facilitar a passagem pelo canal vaginal durante o parto. “O movimento de ordenha que é realizado para extrair o leite da mama da mãe projeta o queixo para frente, corrigindo o retrognatismo”, diz Rosana Possobon, coordenadora do Centro de Pesquisa e Atendimento Odontológico para Pacientes Especiais da Faculdade de Odontologia de Piracicaba da Unicamp.

Durante a mamada, os músculos da face e da boca são trabalhados e exercitados de maneira adequada, e o bebê ainda aprende a respirar e engolir corretamente, o que previne o desenvolvimento de mal oclusões (alterações dentais). Isso quer dizer que as chances de a criança precisar de aparelho ortodôntico são menores.

Além das questões ortodônticas, o leite materno não provoca cárie, enquanto é oferecido de forma exclusiva. “Ainda há a questão do fortalecimento e ‘dessensibilização’ da língua da criança, que evita que ela sinta náuseas ao toque da escova futuramente, por exemplo”, afirma a especialista.

Do peito para o copo

Para quem não teve os benefícios do aleitamento materno, o ideal é que os líquidos sejam ofertados em copos especiais, a fim de evitar o uso de mamadeiras, responsáveis por boa parte de problemas ortodônticos e fono-articulatórios. “O tratamento dos prejuízos é de acordo com a necessidade de cada criança. Vale ressaltar que quanto mais cedo ocorrer a remoção da mamadeira, melhor”.

Para fazer a transição do peito direto para o copo, no início da complementação alimentar, época em que começa o desmame, experimente oferecer líquidos em copo aberto ou com válvula e bico de silicone. “À primeira vista trata-se de uma tarefa difícil, uma criança muito pequena receber leite e suco em copos. Porém, ela tende a aprender rapidamente e passa a utilizar o copo com maestria”, garante Rosana.

Copos coloridos, canudos, canecas com alça para auxiliar na empunhadura são muito comuns no mercado e podem ser usados nesta fase. A ajuda de um profissional capacitado para lidar com questões relacionadas ao aleitamento materno pode ser fundamental para pais inexperientes. “O importante é não cair na tentação de seguir pelo caminho mais fácil e oferecer a mamadeira aos pequenos”, ressalta a dentista.

Fonte: Terra Saúde Bucal


Tags: sem tags no momento!


Deixe seu Comentário:

=