Publicado por Redação em Previdência Corporate | 03/08/2016 às 11:19:25


Previdência Privada é uma opção para melhores ganhos na aposentadoria


Informações exclusivas da Brasilprev ao DCI apontam aumento de 17% na contribuição média do País, além de altas na base de clientes, focado principalmente naqueles acima dos 51 anos

Para ajustar as contas públicas, uma das discussões do governo é o que fazer com a previdência. Se hoje, a situação de um aposentado não é fácil, no futuro pode ficar pior. Por isso, muita gente passa a buscar uma previdência privada, como forma de garantir uma renda para depois que pararem de trabalhar.

A farmacêutica Marcelle tem uma conta de investimento em previdência privada desde pequena, e foram os pais dela que tiveram a ideia. Ela ainda comentou que depois que seus pais concluíram o investimento inicial, foi a vez dela retomar a previdência. Hoje, além de investir em duas previdências privadas, ela também optou pelo tesouro direto.

Segundo pesquisa recente realizada Serviço de Proteção ao Credito (SPC) Brasil e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, seis em cada dez brasileiros não se preparam corretamente para a aposentadoria. Na lista dos reais motivos disso acontecer estão no topo a falta de recursos financeiros para investir e o desconhecimento de como começar a poupar.

Além da previdência pública, qualquer cidadão pode optar pela previdência privada. É importante saber nesse momento que essa segunda opção traz duas modalidades, o Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL) e a Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL).

Segundo a Federação do Comércio do Estado de São Paulo o Brasil deve ganhar quase 5 milhões de aposentados nos próximos quatro anos. Hoje o país possui cerca de 20 milhões.

Este economista explica que quanto antes aderir a um plano de previdência privada, melhor serão os resultados numa aposentadoria. Ele ainda chama a atenção na hora de decidir onde começar o investimento.

Fonte: Novo Tempo


Tags: sem tags no momento!


Deixe seu Comentário:

=