Publicado por Redação em Vida em Grupo | 06/10/2015 às 11:39:55


Mongeral Aegon registra crescimento de 69% nas vendas de seguro de vida no primeiro semestre


Entre as categorias com maior crescimento, estão as coberturas relacionadas à reposição da renda, doenças graves e incapacidade temporária

Rio de Janeiro, outubro de 2015 - A Mongeral Aegon encerra o primeiro semestre com um incremento de 69% em vendas de coberturas de risco, com destaque para seguro de vida individual. A companhia atingiu um lucro líquido de R$12,6 milhões, incremento de 115% em relação ao mesmo período do ano passado, chegando a um patrimônio líquido total de R$ 252 milhões. O capital segurado pela empresa ultrapassou R$ 180 bilhões.

No período a companhia aumentou 28% as Receitas de Prêmios, chegando a R$ 461 milhões e 17% as Provisões Técnicas líquidas somando R$ 665 milhões. Nos últimos dez anos, o percentual de crescimento foi de 640% para Receitas de Prêmios e Contribuições e de 878% das Provisões Técnicas líquidas de resseguro, refletindo o crescimento da estabilidade financeira da seguradora ao longo dos anos.

Para o presidente da Mongeral Aegon, Helder Molina, os números de crescimento de vendas são o resultado não apenas dos investimentos da empresa na ampliação do canal de vendas, recursos humanos, amadurecimento do portfólio e novas parcerias comerciais. É também um reflexo de um momento no qual a população começa a refletir sobre seus gastos e a incluir no planejamento algum tipo de proteção financeira para imprevistos, tendo em vista, principalmente o atual cenário.

“As pessoas que conquistaram alguns bens nos últimos anos, tendem no momento de insegurança econômica a cortar itens da cesta de consumo e a direcionar seus esforços para a manutenção do padrão vida conquistado por meio da contração de algum tipo de proteção para a perda de renda e imprevistos”, explica o presidente Helder Molina.

Como reflexo desta tendência, alguns tipos de produtos tiveram maior demanda, principalmente, aqueles relacionados à renda e os que proporcionam proteção em caso de imprevistos, seja doenças ou acidente. A procura pelo seguro de vida resgatável cresceu 104,4% e do DIT (indenização para incapacidade temporária por doença ou acidente) 15,6% nos últimos seis meses. Neste contexto, o seguro de vida com cobertura para doenças graves apresentou forte aceitação a partir da atuação de corretores e parceiros, que passaram a comercializar o produto em 2015.

Dos 26 estados do país onde a empresa atua por meio das suas mais de 60 unidades de negócios e 4 mil corretores parceiros, algumas regiões registraram um maior crescimento em arrecadação no primeiro semestre: o Rio de Janeiro cresceu 29,1%, São Paulo (21,0%), Minas Gerais (7,9%), Santa Catarina (6,5%) e Paraná (5,5%).

Atualmente a companhia possui um portfólio com mais de 20 tipos de combinações de planos e adaptados a cada perfil de cliente, seja para cobertura de risco ou acumulação, a previdência privada. Opções desde microsseguro para pequenos empreendedores, planos de vida em grupo a produtos mais Premium como o private solutions para capital de até 25 milhões.

Fonte: Portal Segs


Tags: sem tags no momento!


Deixe seu Comentário:

=